Vista aérea de Belo Horizonte. Créditos: Portal da Copa/ME - Wikimedia Commons

9 incríveis lugares para pedalar em BH

A capital mineira é detentora de belas paisagens e de um clima muito agradável para fazer atividade ao ar livre. Minas Gerais num todo oferece uma vasta gama de lugares magníficos para explorar, sendo cada vez mais comum encontrar pessoas se aventurando na sua capital.

Nesta toada, o ciclismo é um esporte que vem se difundindo entre os belo-horizontinos, tanto na capital quanto na região metropolitana, com percursos que interligam as cidades, prolongando as pedaladas.

Se não bastasse os benefícios à saúde, as bikes auxiliam a fugir dos congestionamentos. Daí a importância do desenvolvimento da ciclovia nas grandes cidades. Fazer um pedal seguro também é fundamental para o fomento do esporte.

Se você está explorando mais sobre andar de bike em BH, confira tudo que você precisa saber neste artigo.

Grupo de ciclistas em BH

Os grupos de ciclistas são uma realidade muito bacana para quem deseja começar a pedalar e tem algum receio ou não conhece plenamente a cidade.

Geralmente são grupos formados por amigos, parentes ou colegas de trabalho que compartilham o gosto pelo pedal. Estes grupos costumam ser bem ecléticos, aceitando todos novos ciclistas e com percursos que atendem desde os mais preparados até os iniciantes.

Grupo de Ciclistas. Crédito: Unsplash

O pedal em grupo é geralmente visto na reunião de dezenas de pessoas equipadas com bikes, roupas específicas e capacetes, pedalando de forma organizada pelas vias públicas. Estas pedaladas são interessantes pelo compartilhamento de experiências e segurança durante o percurso, pois geralmente é acompanhado por um bike anjo, responsável pelo bom andamento das pedaladas pelas vias.

Mesmo para aquelas pessoas que moram longe dos pontos de partidas destes grupos, importante salientar que a BHTrans autoriza o transporte de bicicletas dobráveis no serviço público convencional de transporte coletivo, enquanto para as bicicletas não dobráveis a BHTrans autoriza o acesso nas estações de integração, estações de transferência e nos veículos do BRT MOVE que contenham suportes internos para bicicletas.

Lugares para pedalar em BH

São diversos os lugares para quem pretende pedalar em Belo Horizonte, sendo que existem mais de 80 quilômetros de rotas cicloviárias, conforme dados da prefeitura. Desta forma, saiba que é plenamente possível realizar um pedal de qualidade na capital mineira e descobrir as diversas regiões existentes.

Ruas de Belo Horizonte. Crédito: Unsplash

Além das ciclovias, há diversas praças, trilhas e parques em que é possível realizar um pedal mais seguro para quem está começando ou prefere evitar a proximidade com o trânsito de veículos e estar em contato com o meio ambiente.

Veja algumas sugestões de onde pedalar em Belo Horizonte.

Região Centro-Sul

Praça da Liberdade, no centro de Belo Horizonte. Crédito: Unsplash

A região centro-sul conta com diversas praças que possibilitam a prática do ciclismo.

Podemos destacar a Praça da Liberdade, Parque Municipal, a Praça Floriano Peixoto, Praça da Estação e a Lagoa Seca (no bairro Belvedere), sendo que todas são de fácil acesso pelas principais ruas da cidade, como a avenida dos Andradas ou avenida do Contorno.

Ciclovia da Avenida José Cândido da Silveira

Parque Linear - Avenida José Cândido da Silveira. Foto: Prefeitura de Belo Horizonte - Wikimedia Commons

Esta ciclovia está localizada no bairro Cidade Nova, sendo um dos principais lugares conhecidos para fazer atividades físicas ao ar livre.

A Avenida José Cândido da Silveira possui esta larga ciclovia no seu canteiro central, permitindo, além do ciclismo, a prática de diversos outros esportes.

Avenida dos Andradas

Avenida dos Andradas, Belo Horizonte. Foto: Andrevruas - Wikimedia Commons

A Avenida dos Andradas, além de ser uma das principais avenidas da parte central, possibilita a prática do ciclismo, tendo em vista que é plana e extensa.

Não é raro encontrar atletas de ciclismo e corrida a qualquer hora do dia, sendo que a ciclovia é uma boa opção para os moradores da região leste, bem como para quem utiliza o metrô, tendo como estações mais próximas a Santa Tereza e Santa Efigênia.

Lagoa da Pampulha

Orla da Lagoa da Pampulha. Foto: Glaussius - Wikimedia Commons

A Lagoa da Pampulha é um dos principais cartões-postais da cidade, sendo, além disso, um dos principais lugares para andar de bike em BH com tranquilidade.

São aproximadamente 18 quilômetros de extensão ao redor da Lagoa da Pampulha, o que possibilita uma excelente pedalada rodeado de natureza.

Além do mais, trata-se de um local plano, sem morros, sendo perfeito para a atividade física. A Lagoa da Pampulha certamente é um destino que deve ser considerado para andar de bike em BH.

Parque Aggeo Pio Sobrinho

Parque Aggeo Pio Sobrinho. Foto: Prefeitura de Belo Horizonte - Flickr

Mantendo este conceito de andar de bike em área verde, outro ponto de destaque é o Parque Aggeo Pio Sobrinho, localizado no bairro Buritis, sendo considerada a segunda maior área verde de BH.

O parque é composto predominantemente por grama, tendo ainda uma pista de caminhada, onde o passeio de bike é permitido.

Assim como na Lagoa da Pampulha, este é um excelente local para pedalar junto à natureza em Belo Horizonte, longe do trânsito da cidade ou das ciclovias em meio aos prédios.

Parque Ecológico da Pampulha

Parque Ecológico da Pampulha. Foto: Jani Pereira - Wikimedia Commons

O Parque Ecológico da Pampulha está localizado na orla da Lagoa da Pampulha.

São aproximadamente 30 hectares de área verde aberta, o que torna o passeio, junto à Lagoa da Pampulha, um espetáculo a parte.

Andar de bike em BH pela Pampulha e pelo seu parque ecológico é certamente uma grande satisfação e forme de conexão com a natureza da capital mineira.

Estádio Mineirão

Estádio Mineirão. Foto: Elias Rovielo - Flickr

Para os fãs do futebol, no entorno do Estádio Mineirão também é possível andar de bicicleta, pois há uma esplanada aberta, além de espaço público aberto com banheiros, iluminação e bancos, sendo comum encontrar diversos praticantes de skate e patins também.

A infraestrutura do local é muito boa, sendo possível fazer uma pausa por lá e comer um lanche. Ademais, está situado muito perto da Pampulha, podendo fazer um roteiro misto pelas redondezas, considerado também um dos pontos turísticos de BH.

Estádio Mineirão. Crédito: Unsplash

Trilha de bike em BH

Para quem gosta de se aventurar mais, saiba que BH possibilita andar de bicicleta em trilhas também.

A capital mineira é rodeada de parques com extensa vegetação e propícia para realização de trilhas de bicicleta. São diversos locais e regiões, como a Trilha da Aguinha e o Parque Jacques Cousteau.

Parque Jacques Cousteau

Parque Jacques Cousteau. Foto: Prefeitura de Belo Horizonte - Flickr

O Parque Jacques Cousteau fica situado no bairro Betânia e passou por um processo de transformação incrível, haja vista que já foi considerado um dos maiores lixões de BH.

Atualmente, este local não oferece mais riscos à saúde, sendo possível a realização de diversas atividades nele, desde caminhada a andar de bike.

Em 2021, alguns frequentadores do local resolveram se unir para tornar as trilhas ainda mais atrativas.

O projeto se desenvolveu tão bem, que atualmente é considerado o primeiro bike parque de Belo Horizonte, com aproximadamente 14 trilhas mapeadas e disponibilizadas no aplicativo Trailforks. 

Trilha da Aguinha

Esta é uma trilha de pouco mais de 20km que, sendo necessário atravessar um pequeno rio, além de túneis desativados de uma antiga linha ferroviária próxima a cidade de Sabará, retornando à Belo Horizonte.

É um percurso muito divertido para se fazer de mountain bike, sendo possível encontrar a localização por meio de aparelhos GPS, indo em direção à Sabará, através da Avenida dos Andradas, e depois através do mirante do bairro Taquaril, na região leste da capital.

Bicicleta para alugar: como funciona?

Se você gostou destas dicas e não tem bicicleta, não tem problema.

É plenamente possível alugar uma bicicleta em BH e desbravar todas as principais vias, pedalar pela Cidade Administrativa, pelo Iate Tênis Clube e demais pontos turísticos.

Bicicleta para alugar Unimed BH. Crédito: Unsplash

Alugar uma bicicleta é uma prática barata e rápida para começar a pedalar com o aluguel da Unimed BH, além de ser uma tendência que vem crescendo no Brasil, até mesmo como alternativa sustentável de transporte. Em BH não é diferente, havendo diversos pontos espalhados pela cidade.

O projeto Bike BH – que é uma parceria firmada entre a Prefeitura de Belo Horizonte e a Unimed-BH – é uma alternativa com ótimo custo-benefício para o uso de bicicletas compartilhadas.

O aluguel de bike em BH é de extrema facilidade e permite andar por toda a cidade e pelas principais ciclovias de BH, mesmo não tendo uma bicicleta.

É importante que, com o tempo, você vá comprando equipamentos de segurança, como capacetes e luvas.

Lembre-se também de sempre passar filtro solar, mesmo que não tenha sol, pois muitas vezes não percebemos a incidência do sol em razão do vento.

Lagoa da Pampulha. Crédito: Unsplash

PONTOS DESTACADOS POR LOCALIZAÇÃO:

Região Centro-Sul

Praça do Papa
Praça da Estação
Parque Municipal
Pista de Cooper da Av. Bandeirantes – Mangabeiras
Pista de Cooper Anel da Serra
Lagoa Seca – Belvedere
Pista de Cooper da Barragem Santa Lúcia
Pista de Cooper da Avenida Bento Simão – São Bento
Praça da Liberdade
Praça Juscelino Kubitscheck
Praça Carlos Chagas

Região Leste

Ciclovia e Pista de Cooper da Avenida Andradas
Praça Duque de Caxias – Santa Tereza
Praça Floriano Peixoto – Santa Efigênia

Pampulha

Ciclovia e Pista de Cooper da Orla da Lagoa da Pampulha
Parque Ecológico da Pampulha
Esplanada do Mineirão

Venda Nova

Cidade Administrativa – Estacionamento

Nordeste

Ciclovia e Pista de Cooper da José Cândido da Silveira – Cidade Nova
Ciclovia e Pista de Cooper da Av. Pastor Anselmo Silvestre – Dom Joaquim

Veja também os melhores lugares para pedalar por São Paulo.