Dois participantes de XCO em suas bikes. Foto de Ruben Christen, Unsplash

O que é XCO e XCC, como funcionam e quais são as diferenças

O universo do ciclismo é permeado de diversos conceitos e disputas próprias, tratando-se de uma modalidade esportiva muito difundida em todo o mundo. No que se refere especificamente ao MTB, este pode ser considerado gênero, no qual se incluem o XCO, XCC e o DH.

Cada modalidade tem características próprias e conhecimentos específicos acerca das competições, bicicletas, forma de treinamento e habilidades do ciclista. Descubra agora tudo que você precisa saber sobre essas modalidades de mountain bike.

XCO

O XCO é a abreviação de MTB Cross Country Olímpico. Essa modalidade de mountain bike tornou-se esporte olímpico nas Olimpíadas de Atlanta, em 1996.

Essa modalidade de MTB é disputada no mundo todo em circuitos fechados, de aproximadamente 4 a 10 quilômetros de extensão e que duram entre 1 hora e 30 minutos para a categoria Elite e 1 hora e 15 para as demais, o que dá aproximadamente 5 a 7 voltas, dependendo da idade e da categoria.

O objetivo dos competidores de Cross Country Olímpico é percorrer o percurso no menor tempo possível, disputando curva a curva as posições, geralmente em terrenos com várias descidas e subidas técnicas, trilhas, caminhos rochosos e obstáculos, o que requer muita agilidade, força e resistência.

Geralmente, as pistas de XCO são difíceis, tanto que no local de prova não pode haver estradas pavimentas que exceda 15% do total do percurso.

O brasileiro Henrique Avancini é uma das principais referências mundiais na modalidade.

Henrique Avancini. Foto de Guilherme Rosindo, Wikimedia Commons

XCC

Por sua  vez, a modalidade de MTB chamada de Cross Country Short Track (XCC), foi introduzido no calendário da Copa do Mundo apenas em 2018, e consiste basicamente na etapa que definirá o grid de largada do XCO. Desta forma, se os ciclistas almejam disputar o XCO, necessariamente precisam passar pelo XCC e ter boas posições.

Assim como no XCO, o cross country short track é uma prova disputada no mundo todo em um percurso fechado, um pouco menor, de 1 a 1,5 quilômetro de extensão e são disputadas em aproximadamente 6 a 8 voltas. Nesta modalidade preparatória ao XCO, os ciclistas largam juntos e alinhados em oito pilotos em cada sequência.

Por outro lado, existem disputas isoladas de XCC, especialmente nos campeonatos mundiais ou nacionais, sendo que o escopo, ao invés de servir de classificatório ao XCO, trata-se de uma disputa isolada pelo campeonato de XCC, para ser declarado mundial ou nacional.

Não obstante, trata-se de uma competição mais curta. O XCC também traz desafios nos seus circuitos, exigindo bastante agilidade, esforço físico e resistência.

No XCC, Henrique Avancini também é referência e multi-campeão.

Campeonato feminino de XCC - 2018 Summer Youth Olympics. Foto de Marcus Cyron, Wikimedia Commons

Diferença do XCO e XCC

Existem diferenças relevantes entre o XCC e o XCO, especialmente no quesito tempo de prova, grau de dificuldade e distância percorrida.

O XCC é uma prova mais rápida, dinâmica, explorando mais a velocidade e fugas de pelotão, sempre tentando se manter em uma boa posição. Os circuitos são menores e o tempo de prova é mais curto.

Logo, é uma prova rápida, explorando a explosão dos competidores. Existem diversos circuitos ao redor do mundo, cada um com particularidades próprias.

Por sua vez, o XCO é uma prova mais longa e técnica, requerendo experiência do ciclista. Na largada, há uma certa briga por posicionamento. Posteriormente, a tendência é de ser uma prova com ritmo mais estável e de concentração por parte do competidor, que precisa ao mesmo tempo ser veloz e poupar energia para as voltas finais.

Próximo do fim, o ritmo volta a aumentar, parecendo uma disputa de XCC em pista muito mais desafiadora e técnica.

Essas duas modalidades são muito diferentes do Downhill e do XCM.

Enquanto o DH que consiste na descida de montanhas de forma individual e tentando ser mais veloz que o concorrente, o XCM é uma corrida de longa duração em diversos tipos de terreno.

Praticante de XCO em competição. Foto de Ruben Christen, Unsplash

Bicicletas de XCO e XCC

Ambas competições de mountain bike basicamente requerem o mesmo tipo de bicicleta.

Tanto para o XCO quanto para o XCC o quesito peso é essencial. O conjunto bicicleta e ciclista deve ser o mais leve possível, sendo que as bicicletas pesam aproximadamente 7 a 9 quilos.

Outro ponto fundamental é ter uma suspensão muito boa, que consiga enfrentar circuitos com elevado grau de dificuldade e não estragarem ou perderem eficiência.

Geralmente o curso de uma suspensão dianteira de uma bicicleta de XCC e XCO é de pelo menos 100mm, sendo que no cenário moderno é mais usual bikes full-suspension.

Os freios, para dar conta do recado, precisam ser a disco, preferencialmente hidráulicos e com rotores de pelo menos 160mm.

O conjunto mecânico envolvendo câmbios, corrente, pedivela da MTB é fundamental também para o desempenho do ciclista. Atualmente, os mais usados são pedivela simples e coroa traseira com 11 ou 12 velocidades, garantindo maior versatilidade na pedalada.

Prova de XCO. Créditos: Pexels

Como começar no XCC e XCO

Se você já é um ciclista experiente no MTB e pretende migrar para o XCC ou XCO, saiba que é perfeitamente possível.

Lembre-se que essas provas melhor se adaptam para ciclistas mais leves, com um físico menor e bem treinado. Todavia, qualquer um pode praticar o XCC ou XCO, mesmo que recreativamente ou em eventos regionais, basta treinar e tentar se adaptar ao estilo.

Um bom domínio da bicicleta é fundamental para passar pelos obstáculos e evitar acidentes. Ademais, procurar conhecer os circuitos e percorrer por estradas similares pode ajudar na adaptação ou transição para o XCC e XCO.

Competição de XCC - 2019 European Mountain Bike Championships. Foto: Lexware Mountainbike Team, Wikimedia Commons

Manter um treinamento físico é fundamental, pois estes desafios requerem muita energia, alimentação equilibrada e descanso.

Se você deseja entrar de cabeça em algum evento MTB, é bom estar com o psicológico bem treinado, estudar os circuitos, melhorar sua bike e aprender técnicas de competição.

Em diversos sites, inclusive em português, você poderá encontrar mais informações sobre o esporte.

Estratégias nas provas de XCC e XCO

Existem basicamente duas escolas de pensamento no mundo do MTB quando o assunto é desafio de MTB XCC e XCO.

A primeira é que você deve observar e tenta adivinhar as ações do seu adversário, para poder atacar no momento certo. A outra opção, é dar tudo de si desde o início e tenta fugir do pelotão para garantir vitórias.