Pernas de ciclista

Perna de Ciclista – Pedalar Engrossa as Pernas? Veja Essas Dicas!

Sempre quis ter pernas de ciclista, bem torneadas e fortes? As pernas grossas chamam a atenção como uma característica dos ciclistas, mas será que pedalar realmente engrossa as pernas?

E será que pedalar vai te deixar com pernas torneadas e corpo magro? Afinal, é uma atividade intensa e que queima muitas calorias. Por isso mesmo, é natural ter dúvidas sobre o efeito que o ciclismo tem sobre o corpo no âmbito estético.

Nós vamos revelar se você vai ficar com pernas mais grossas pedalando ou se a atividade apenas contribui para emagrecer. Continue lendo e entenda a dinâmica do exercício em seu corpo.

Atletas pedalando numa prova de ciclismo

Pedalar emagrece e engrossa a perna?

Pernas em cima de uma balança

Sem enrolação, é necessário entender o que a bicicleta faz para transformar o corpo.

O que acontece é que o exercício é intenso e proporciona a queima de gordura em todo o corpo, ao mesmo tempo em que estimula as fibras musculares das pernas, por exigir força e intensidade de movimento para subir ladeiras e percorrer trechos que demandam mais do corpo.

Portanto, pedalar estimula o organismo ao processo de mudança estética, mas não é suficiente para promover tal mudança sem que os hábitos alimentares estejam adequados.

Tendo em vista que, mesmo após uma pedalada intensa que estimula a queima de gordura na região das pernas e em todo o corpo, é natural que tenha fome.

E se as refeições feitas após o pedal tiverem mais calorias que o necessário, não haverá queima de gordura.

Com uma alimentação hipercalórica sendo mantida todos os dias, é possível que ao invés de perder peso com o ciclismo, você acumule peso extra.

Por isso mesmo, o ciclismo não é pura e simplesmente o responsável por transformar o corpo. Muito embora seja um estímulo importante para manter o corpo sequinho e as pernas torneadas, depende também de seus hábitos alimentares e outros fatores.

Só pedalar não muda o corpo: tenha cuidado com a alimentação

Um ponto muito importante de ser levantado é que, apenas pedalar não é o suficiente para transformar as pernas, emagrecer ou mudar qualquer questão estética.

A alimentação em conjunto com a atividade física é o que faz com que a mudança estética ocorra. Tendo em vista que, perder peso requer déficit calórico, enquanto ganhar massa magra para tonificar os membros inferiores requer exercícios mais focais e superávit calórico.

Confira também: 12 Dicas de como Emagrecer Andando de Bicicleta

Algumas informações nutricionais são de suma importância para quem deseja ter pernas tonificadas e barriga sequinha, por exemplo:

1.      Carboidrato não é vilão

Pães expostos num expositor de padaria

Muitas vezes a solução simples é cortar carboidratos para emagrecer rápido. No entanto, isso vai fazer com que você não consiga pedalar com a mesma performance.

Vale a pena melhorar a qualidade dos carboidratos, visando minimizar os refinados. Consumir arroz e pão integral, frutas ricas em carboidratos e cereais em geral ajuda a dar energia de forma prolongada para o corpo, o que é muito importante na refeição antes de um pedal mais longo.

Afinal, é necessário ter energia para que o corpo suporte todo o desgaste do percurso.

2.      Pratos coloridos são nutritivos e recomendados em sua rotina

As cores dos alimentos naturais significam diferentes tipos de nutrientes.

Alimentos amarelos, por exemplo, costumam ser fonte de vitamina C que é importante para a imunidade, enquanto os feijões costumam ser fonte de ferro.

Manter um prato colorido com diferentes alimentos naturais é fundamental para nutrir o corpo e dar energia, possibilitando que a alimentação saudável e natural, com muitas fontes de nutrientes possa desencadear perda de peso ou ganho de massa muscular dependendo dos estímulos oferecidos para o organismo durante o treino e a quantidade de alimento.

Portanto, é interessante sempre consumir saladas, frutas, legumes e verduras de todos os tipos para ter um bom aporte nutricional na refeição.

A alimentação saudável vai ajudar a melhorar seu bem-estar e não apenas a sua forma física. Por isso mesmo, é uma grande aliada para redução da gordura corporal, tonificação das pernas e excelentes resultados estéticos.

3.      Proteínas são essenciais para pernas fortes

Os membros inferiores são muito exigidos durante os percursos feitos com a bike. Por isso, é natural que as pernas fiquem doloridas após um trecho longo.

Para ajudar na recuperação e manter as pernas fortes e saudáveis, é interessante ter um bom aporte de proteínas na sua alimentação.

Comer carnes de todos os tipos, ovos, leite e iogurtes em suas refeições ajuda a aumentar o aporte proteico.

É interessante que todas as refeições tenham porções de proteínas para ajudar no processo de recuperação da musculatura de foi exigida ao longo do exercício físico. Dessa forma, é possível desenvolver um músculo bonito e mais saudável.

Lembre-se que, parte do processo de mudança de seu corpo e conquista de resultado com a pedalada requer fazer o esforço, repousar e se alimentar corretamente.

4.      Pernas firmes e sem celulite dependem da eliminação de alguns alimentos

Mulheres treinando

Consumo de bebida alcóolica, refrigerantes, doces e frituras são responsáveis por algo prejudicial para a estética que pretende alcançar!

O resultado de perda de peso e ganho de massa muscular depende da qualidade da alimentação. E tais produtos citados não são indicados como parte da rotina diária.

Consumir mais comida natural ajuda a melhorar a qualidade de sua pele, contribuindo para eliminar celulites e gordura localizada junto ao estímulo dos treinos.

O consumo de água também é de grande ajuda para que a pele fique bonita e isso revele os músculos que conquistou com a prática do esporte.

5.      Evite dietas radicais

É normal querer músculos fortes, mudança rápida e cair em dietas radicais. No entanto, o conteúdo de seu prato deve sempre ser saudável e colorido.

Oferecer nutrientes de qualidade para o corpo é o que vai fazer a diferença nos resultados que consegue obter em sua estética.

Durante a etapa de mudanças de hábitos, o mais indicado é procurar opções naturais para te ajudar a construir músculos, minimizando o consumo de industrializados e mudando seu paladar.

Dessa forma, terá muita opção de sabores naturais para consumir, ao mesmo tempo em que diminui a margem para dúvidas sobre o que consumir.

Afinal, é fácil e intuitivo consumir comida natural para ajudar seu organismo a eliminar o excesso de peso, celulites e desconfortos, possibilitando que através do esporte e cuidados diários melhore sua performance física e alcance a mudança que deseja.

Pernas de ciclista tonificadas também dependem da hidratação

Garrafa de hidratação no quadro da bicicleta

Um ponto muito importante e para o qual poucas pessoas se atentam é que, os músculos são construídos por fibras e água.

Cerca de 70% dos músculos são compostos justamente por água, o que significa que, ficar desidratado reduzirá o volume muscular.

Portanto, quem deseja ter um visual de pernas tonificadas sempre deve ter o cuidado de beber aproximadamente 0,50 ml de água por quilo corporal, que é a recomendação da OMS para quem faz atividade física.

O cálculo é bastante simples e individualiza o consumo de água diário, possibilitando que você saiba exatamente quanto consumir para ser uma pessoa mais saudável e bem hidratada.

Afinal, durante o pedal é normal suar bastante, em especial durante trilhas mais longas, o que faz com que seja importante repor a hidratação.

O cuidado com a hidratação deve ser diário, visando até mesmo que o corpo consiga manter uma performance saudável nos treinos de bicicleta.

Quando se está desidratado é normal que o rendimento caia e não consiga percorrer tantos quilômetros quanto gostaria.

Treino focado para ter pernas de ciclista: vá muito além da bike

Homem se exercitando num tapete de treino

Sempre fica olhando as pernas de ciclistas profissionais e não entende o motivo pelo qual a sua não está igual?

Ciclistas profissionais fazem muito mais que pedal. É comum que o treinamento de ciclistas profissionais envolva musculação como parte dos treinos, visando o fortalecimento das pernas, fortalecimento do sistema respiratório, perda de gordura corporal e melhora do desempenho.

O ciclismo profissional é um esporte que requer muito preparo físico. Portanto, quem deseja ter pernas torneadas graças a bike e se inspira nos ciclistas deve entender que eles não apenas pedalam, como treinam musculação focado em seus membros inferiores.

Para fazer atividades físicas intensas e com qualidade, visando o desenvolvimento da musculatura das pernas, é interessante procurar um profissional de educação física.

Ele será o mais indicado para orientar seu exercício físico além do pedal, possibilitando que o treino focado em seu objetivo ajude até mesmo a melhorar a performance quando estiver pedalando ao ar livre em contato com a natureza.

Afinal, o corpo é muito exigido no ciclismo ao ar livre e com musculação de qualidade associada a alimentação focada na boa performance é possível melhorar não só a estética como a performance.

A musculação é responsável pela proteção de articulações, aumento da força, possibilidade de fazer treinos de bike com mais intensidade, sem que o impacto do treino seja muito intenso sobre o corpo.

A prática de exercícios como a musculação também ajuda a melhorar a circulação sanguínea no dia a dia, possibilitando que os exercícios regulares melhorem sua capacidade física quando estiver pedalando.

Musculação é capaz de engrossar as pernas

Homem fazendo agachamento na academia

Um ponto crucial para focarmos é que, a musculação é capaz de modelar o corpo inteiro. Em especial quando está associado ao treino em bike que permite alta queima calórica, com uma alimentação saudável associada aos hábitos diários.

Esse conjunto é capaz de te dar um corpo tonificado, saudável e capaz de alcançar ótimos resultados em sua pedalada.

Atletas geralmente fazem essa associação e você também pode adotar tais cuidados para que sua rotina de exercícios possibilite um corpo que sempre desejou ter.

A musculação também estimula a perda de gordura corporal, aspecto que é importante para quem está acima do peso ideal e por isso sente dificuldade no treino de bike.

Estimulando os músculos é possível queimar gordura com eficiência ao longo de um dia inteiro após o treino.

Além disso, a musculação é aliada do bem-estar, proporcionando mais qualidade de vida, saúde e envelhecimento saudável, ao mesmo tempo em que melhora seu condicionamento físico para que possa fazer força no pedal e não se cansar tanto.

O descanso é parte do processo para ter pernas de ciclista

Mulher se espreguiçando em sua cama

Após os treinos é importante que tenha o cuidado de descansar o suficiente.

Converse com seu professor de musculação sobre sua rotina de pedalada para que o treino possa ser orientado de acordo com sua rotina, de modo que seja possível ter a intensidade certa nos treinos, dividindo as atividades físicas de forma coerente para que os músculos possam descansar o suficiente, aspecto que é fundamental para ter pernas de ciclista.

Afinal, as pernas só ficam torneadas, firmes e grossas com o descanso necessário.

Se as pernas são exigidas todos os dias em diferentes estímulos, é possível que acabe perdendo gordura corporal na região, ocasionando afinamento, e a falta de descanso acaba dificultando que as fibras musculares se desenvolvam na área e proporcionem aumento de massa magra e pernas mais firmes e torneadas.

Portanto, o descanso é um dos fatores importantes para considerar entre as dicas essenciais para alcançar pernas bonitas e torneadas como sempre quis ter.

Aproveite nossas dicas para transformar sua forma física e alcançar o resultado estético que sempre quis ter.