Mountain Bike e sua Corrente

Melhor Lubrificante Corrente Bike – Conheça as Top 6 Aqui!

O que é e para que serve um lubrificante para corrente de bike?

Qual é o melhor lubrificante para sua bicicleta?

Quais são os tipos de lubrificantes?

Como se aplica o lubrificante na corrente?

Você vai saber tudo isso e muito mais lendo o nosso artigo!

O que é e para que serve o lubrificante de corrente de bike?

O lubrificante de corrente é um produto à base de óleo ou cera que permite que as peças deslizem sem peso no pedal ou no cassete, evitando o desgaste.

Na prática, o lubrificante visa diminuir o atrito na relação entre metais e o que ocorre durante a fase de funcionamento da rotação, não causando fricção, que consequentemente geraria calor e estragaria a superfície das peças.

Além disso, a lubrificação tem a função de proteger o metal da corrente da água e do oxigênio presentes na atmosfera, evitando a corrosão, aumentando a vida útil das peças da sua bicicleta.

Qual o melhor lubrificante de correntes de bike?

Selecionamos os nossos preferidos do mercado, além de contarmos um pouco sobre cada um deles.

Lubrificante Corrente Elephant Wax Lub

Lubrificante Corrente Elephant Wax Lub

O Lubrificante Elephant Wax Lub possui alta duração e resiste a condições adversas.

É um lubrificante úmido, sendo ótimo para terrenos com barro e ambientes chuvosos.

Mais um detalhe, mas não menos importante: é um lubrificante brasileiro!

É livre de solventes, sendo benéfico para o meio ambiente.

Atualmente está na faixa dos R$ 50 a $ 70.

Lubrificante Úmido Finish Line

Lubrificante Úmido Finish Line

A Finish Line foi uma das primeiras empresas que começou a trabalhar com diferentes tipos de óleos lubrificantes, pensando em diferentes ambientes e terrenos.

O Lubrificante Úmido Finish Line é o lubrificante da Finish Line do tipo úmido.

É uma marca já consagrada, portanto escolher este produto não tem muito erro.

Atualmente está na faixa dos R$ 60 a $ 80.

Lubrificante Seco Finish Line

Lubrificante Seco Finish Line

O Lubrificante Seco Finish Line é o lubrificante da Finish Line do tipo seco.

Tem uma composição parecida com outros que são compostos por cera sintética.

Atualmente está na faixa dos R$ 60 a $ 80.

Óleo Lubrificante Seco Ceramic Puroil Bike

Óleo Lubrificante Seco Ceramic Puroil

A Puroil Bike é uma marca brasileira, que surgiu de uma empresa que inicialmente vendia desengraxantes para fábricas, para serem utilizadas em máquinas pesadas.

Após descobrir que um cliente começou a utilizar os seus produtos como lubrificante para sua bicicleta, a Puroil criou uma linha focada em bicicletas, surgindo assim a Puroil Bike.

O Lubrificante Seco Ceramic Puroil Bike é ecológico e possui excelente desempenho para lubrificar correntes de bicicletas. Ele é composto por um grupo de cera vegetal com hidrossolventes aditivados, além de possuir micropartículas de cerâmica que permitem alta lubrificação, criando uma película seca para proteger a corrente.

Atualmente está na faixa dos R$ 29 a $ 49.

Óleo Lubrificante Úmido Viscoso Puroil Bike

Óleo Lubrificante Úmido Visco Puroil

O Lubrificante Úmido Viscoso Puroil Bike é o lubrificante úmido da Puroil Bike.

Foi desenvolvido para correntes com tecnologia de última geração. Dessa forma, a lubrificação permanece o mesmo em dias de chuva. Ele repele a umidade, ao manter uma manta protetora.

Atualmente está na faixa dos R$ 29 a $ 49.

Óleo Lubrificante Corrente Bike Cera Smoove

Óleo Lubrificante Corrente Bike Cera Smoove

De origem sul africana, o Lubrificante Cera Smoove é um lubrificante a base de cera versátil.

Podemos dizer que é um item coringa, resistindo bem a condições variadas, úmidas ou secas.

Tem alta duração e proteção durante todo o treino ou atividade, sem causar desgastes ou deterioração.

Em ambientes urbanos, se bem lubrificada, basta lubrificar a corrente da sua bike a cada 1-2 meses.

Atualmente está na faixa dos R$ 120 a $ 150.

Como escolher o lubrificante de correntes de bike

Um lubrificante de corrente possui características específicas. Infelizmente, muitos ciclistas ignoram a importância deste item e tendem a usar quaisquer lubrificantes.

Acaba sendo um erro que pode ter sérias consequências, especialmente se estivermos falando de bicicletas caras.

Alguns tipos se adaptam a certas condições e ao terreno, enquanto outros são muito úteis em outras condições. Confira a seguir.

Lubrificantes de correntes de bike seco (dry lube)

Os secos são um tipo de lubrificante que tem uma composição caracterizada pela presença de Teflon e têm um aspecto mais seco, como o próprio nome diz.

São úteis para a lubrificação e proteção da corrente, tornando-a mais suave e protegendo-a do pó.

Esses lubrificantes também tendem a evaporar rapidamente. Isso significa que eles não duram muito e, além disso, têm um grau muito baixo de resistência à água.

São recomendados no verão e em condições de caminhos mais secos, pois têm a característica de lubrificar a corrente sem atrair poeira.

Lubrificantes para bicicleta úmidos

Em contrapartida, os lubrificantes úmidos são viscosos, propriedade dada pelo aditivo de silicone.

Esse recurso o torna muito mais durável, porque o faz grudar na corrente. Um  lubrificante de correntes de bike do tipo úmido é, portanto, adequado para o inverno e em todas as situações de lama ou água.

Dessa forma, sua formulação densa permite que ele permaneça na “engrenagem” mesmo quando os agentes externos são muito agressivos. No entanto, esse tipo de lubrificantes não é recomendado no verão ou em terrenos mais cheios de barro porque atrai poeira.

Quando usar o lubrificante de corrente para bikes

Corrente de bicicleta aparentemente sem lubrificação

Em teoria, seria adequado usar óleos lubrificantes antes de cada passeio, para garantir o correto deslizamento da corrente e sua proteção no terreno.

Mas, devido a correria do dia a dia, nem sempre isso é possível. Então, é necessário lubrificar a corrente em determinadas circunstâncias. Por exemplo, se você vai a algum lugar quando chove ou depois de lavar a bicicleta.

Também é preciso considerar alguns fatores. Quando você ouve ruídos metálicos vindos da corrente ou do pedal, é porque já passou da hora de lubrificar o local. A rolagem deve sempre ser silenciosa na estrada ou em qualquer espaço.

Produtos para manter a bicicleta em bom estado

  • Desengraxante: se for um desengraxante químico, é um produto entre os itens de limpeza forte, capaz de dissolver resíduos aderida à corrente, como areia ou lama. Algumas pessoas também utilizam o WD 40, um spray desengripante, para ajudar na limpeza. Porém, eu recomendo o uso de um sabão de coco por ser um produto natural e que não vai degradar o meio ambiente, além de remover a sujeira que está na corrente.

  • Lubrificante: a escolha deste varia com base nas preferências ou na necessidade. Um exemplo é o Elephant Wax Lub, mas há outros, como já descrito neste artigo.

  • Escova: escovas de dente velhas podem servir para os ciclistas iniciantes, mas existem escovas específicas para limpar corrente de bike, como as da marca Finish Line e da Muc Off.

  • Pano seco: um para limpar a corrente e para retirar o excesso de lubrificantes.

Como lubrificar a sua bike

Você não pode lubrificar a corrente da bicicleta quando estiver suja, pois os resultados não serão bons. Já imaginou chegar de uma trilha de bicicleta num dia de chuva e querer lubrificar?

Seria uma experiência desastrosa. É claro que você não vai aplicar o seu lubrificante por cima daquela lama, não é verdade? Então, temos opções para retirar a sujeira e preveni-la.

1 – Aplique o desengraxante

Borrife primeiro uma fina camada de desengraxante na corrente para depois lubrificar.

Se a corrente estiver muito incrustada, é melhor borrifar o desengraxante, deixar agir por cinco minutos e depois enxaguar. E, então, remover bem a sujeira com uma escova.

Caso opte por usar sabão de coco, que é a nossa recomendação, passe a escova com sabão e água nos gomos, um por um, na parte de cima e na parte de baixo da corrente. Em seguida, realizar o enxágue.

2 – Aplique o lubrificante

O próximo passo é usar o lubrificante, colocando uma gota em cada gomo da corrente.

É um processo trabalhoso, mas isso te fará economizar material e lubrificar a corrente corretamente, fazendo o lubrificante entranhar bem na corrente.

3 – Espalhe o lubrificante

Após a etapa anterior, coloque o dedo indicador da mão esquerda em cima da corrente e gire os pedais. Dessa forma, você está espalhando e distribuindo as gotas que não penetraram dentro da corrente.

Pegue os elos externos da corrente com o pano e gire os pedais, removendo o excesso de lubrificante.

Todo o lubrificante que fica nos elos serve apenas para atrair resíduos, como os grãos de areia, terra ou fuligens das grandes cidades, tendo um efeito corrosivo na corrente e nas engrenagens.