Farol para Bike

Melhor Farol para Bike – Como Escolher o Modelo Ideal em 2022

Está com dúvidas para comprar um farol para bike?

Quais são os melhores faróis para ? Quais fatores considerar antes de comprar?

Levantamos o máximo de dados possíveis para produzir este conteúdo e responder todas as suas dúvidas neste artigo!

Sobre o Farol para Bike

As bicicletas, assim como grande parte dos veículos, possuem itens indispensáveis que muitas vezes passam batido: os faróis. Além de um acessório bastante útil no dia a dia de qualquer ciclista, os faróis são um item de segurança.

O farol para bike cumpre a mesma função do farol de carro: a de permitir que o ciclista veja o caminho à noite ou em áreas escuras, além de fazer com que o usuário da bicicleta seja facilmente visto por veículos e pessoas em algum caminho escuro.

Dessa forma, se você é um ciclista interessado em investir nesse acessório essencial, você deve saber alguns pontos importantes sobre modelos de faróis antes de fazer a sua decisão de compra.

Saiba mais sobre por que usar farol para bicicleta, os critérios mais importantes para a sua compra, a diferença entre faróis de iluminação e faróis de sinalização, os sistemas de carga dos faróis, os tipos de fixação para o seu sistema de iluminação, como escolher o melhor farol de bicicleta para você, entre outros. Confira!

Os Melhores Faróis para Bicicleta – As Top 10

JWS Farol de Bicicleta

Farol JWS B07P7GWG4T

Com um design moderno e bom acabamento, este farol da JWS conta com um ótimo custo benefício.

Este modelo tem 200 lumens e vem acompanhado de um pisca traseiro, te ajudando ainda mais na questão de segurança.

Pesa apenas 227g e sua bateria é recarregável via USB, tendo cerca de 4 horas de duração se a luz usada for na potência média, proporcionando muita versatilidade para o seu dia a dia.

O preço desta lanterna está atualmente na faixa entre R$ 100 e R$ 150.

Farol JWS WS-276

Lanterna JWS Ws-276

O farol JWS WS-276 é um dos mais baratos da nossa lista, podendo ser encontrado por menos de R$ 40.

Não espere a melhor qualidade de todas, mas o produto cumpre o que promete, oferecendo uma ótima iluminação por um preço acessível.

Esta lanterna possui uma iluminação potente de 400 lumens, com bateria recarregável tendo autonomia de 4h a 8h.

Um diferencial deste farol é que possui um alerta para avisar que a bateria está acabando, proporcionando muita praticidade.

É resistente à água (não é à prova d’água como relatam em alguns anúncios!), tem a estrutura feita com liga de alumínio resistente e pesa apenas 106g.

Alguns ciclistas relatam que o produto parou de funcionar após alguns meses de uso, mas pode ser um ótimo produto para ter a primeira experiência com farol de bike, para posteriormente escolher uma lanterna com melhor qualidade, já com as suas preferências.

Farol JWS WS-8201

JWS Ws-8201

Iluminação potente.

É assim que podemos descrever o farol JWS WS-8201 caso me pedissem para resumir em duas palavras. São 800 lumens!!

Conta com três níveis de luz: 100% da potência, 50% da potência que já será o suficiente em boa parte das situações e modo strobo, que serve mais para sinalização.

A duração da bateria varia entre 3h e 5h, dependendo do nível de luz escolhida. Possui indicador de carga para saber se está próximo de recarregar ou não.

Como os outros modelos da JWS, é resistente à água e a estrutura é em liga de alumínio. Pesa 106g.

O único ponto de atenção relatada por alguns ciclistas foi em relação ao mecanismo de fixação da lanterna a bicicleta, que para alguns deixou a desejar.

Atualmente está na faixa de R$ 88 a R$ 120.

Farol e Lanterna Traseira COEMA

Farol e Lanterna Traseira COEMA

Este é o farol para bike da COEMA é o farol mais vendido na Amazon, sendo esse fato um bom indicador de custo benefício. Custa aproximadamente R$ 40.

Possui uma luz de 300 lumens, potência suficiente para a maioria dos casos, e 3 níveis de luz.

A bateria é embutida e recarregável, tendo o tempo de carregamento de 3 horas.

A duração da bateria de varia entre 3h (nível máximo), 5h (nível médio) e 12h (nível baixo).

A lanterna traseira possui luz vermelha e tem como objetivo ser um farol de sinalização.

A qualidade é satisfatória considerando o preço do produto, apesar do acabamento ser de baixa qualidade.

Farol Multifunção Caretatek

Farol Multifuncional Caretatek

Inovador e multifuncional, além de potente. É assim que podemos definir o farol multifunção da Caretatek este que é um dos melhores faróis para bike.

Possui uma luz de 500 lumens, uma das mais potentes da nossa lista.

E o fato mais surpreendente deste farol: pode ser recarregada por meio da energia solar!

Mas a sua bateria também pode ser recarregada da forma tradicional, utilizando cabo USB. Possui também um indicador do nível atual da bateria.

E mais um fato curioso e útil: este farol, além de cumprir a função de iluminar, possui uma buzina com cinco opções diferentes de som. Portanto, apesar deste produto não ser o mais barato da nossa lista, é praticamente um dois em um e não será necessário gastar dinheiro comprando uma buzina.

E para finalizar, é um dos faróis para bike da nossa lista mais bem avaliados pelos clientes após a compra, muitas vezes superando as expectativas!

Encontra-se atualmente na faixa dos R$ 65.

JWS WS-263

JWS WS-263

Mais um farol para bike da empresa JWS, o farol JWS WS-263 é simples mas cumpre o que promete, além de ser barato (é possível encontrar por menos de R$ 30!).

A luz é de 250 lumens, que é o suficiente para a maioria das situações.

Possui três nível de luz e a bateria é recarregável via cabo USB, durando cerca de 4 horas.

Pesa 300g e o material é parte de alumínio e parte de plástico, sendo resistente à água.

Conjunto de Farol Fesjoy

Conjunto de farol da Tickas

Este conjunto de farol para bicicleta da Fesjoy, que vem com o farol dianteiro e farol traseiro, além de ter uma boa qualidade, é multifuncional.

Além do equipamento servir para iluminar, o produto possui também as funções de buzina, possui um display para acompanhamento da velocidade, contagem de tempo e energia restante da bateria.

A potência da luz é de 350 lumens.

A bateria é recarregável via USB, tendo entre 3h-5h de duração.

O alto-falante alcança o volume de até 120 dB.

É resistente à água.

O produto é importado e de ótima qualidade. Tem poucas reclamações dos ciclistas compradores e o preço atual está na faixa dos R$ 120 a R$ 150.

Farol Sinalizador Atrio BI186 – Multilaser

Farol Sinalizador Atrio BI186 - Multilaser

O farol para bike Atrio BI186 tem como objetivo ser um versátil sinalizador. Por isso, possui apenas 17 lumens, que é o suficiente para cumprir esta função.

Sendo da marca Atrio, da conhecida fabricante Multilaser, você tem a opção de escolher entre a luz branca e a vermelha, além de ser facilmente instalável na parte dianteira ou traseira da sua bicicleta.

Possui 5 níveis de luz e a duração da bateria, que é recarregável, é de cerca de 5 horas.

Um dos pontos mais elogiados deste farol de sinalização é a qualidade do material, que consequentemente proporciona maior durabilidade também, tendo maior robustez.

Por isso, apesar de estar numa faixa de preço acima se comparada aos outros faróis para bike desta lista (na faixa de R$ 80), pode valer a pena pela qualidade citada.

Kit de Farol de Sinalização Atrio

Kit de Farol de Sinalização Atrio

Opção mais barata da fabricante Multilaser, este kit da Atrio vem com dois faróis de sinalização, um dianteiro e traseiro.

Os dois faróis cumprem muito bem a função de sinalização.

Possuem três fases de luz: forte, fraco e piscante.

Diferentemente dos outros faróis para bike mostrados na lista, estes possuem baterias CR2032 não carregáveis. Porém, a duração tende a ser grande por se tratarem de faróis de sinalização, não tendo tanta potência na iluminação.

Possui um ótimo custo benefício, custando menos de R$ 25, cumprindo exatamente o que promete. O material de plástico visivelmente não é de muita qualidade, porém aparenta ser durável.

Por que usar faróis para bicicleta?

Bicicleta num local escuro com farol

Os faróis são essenciais para passeios, para se locomover até o trabalho, para treinos e para ciclistas profissionais que precisam andar de bicicleta à noite.

Os faróis aumentam a segurança do ciclista, por tornar mais fácil a visualização por outros veículos maiores e por outras pessoas. Além disso, aumenta a visibilidade do ciclista e faz com que o caminho seja mais seguro e garantido.

Nesse sentido, existem diversos formatos e utilidades para os faróis de bicicleta, além de diferentes sistemas de fixação e outras características. 

Tão importante quanto decidir usar os faróis para bicicleta é decidir o modelo que se encaixa melhor em suas necessidades e na forma como você usa a sua bicicleta. O custo benefício do farol para bike é outro ponto importante.

Por isso montamos esse guia sobre tudo o que você precisa saber para fazer essa escolha e aumentar a segurança do seu meio de transporte!

O que devo saber sobre farol para bike?

Bicicleta com Farol na Neve

Separamos alguns critérios essenciais para estudar antes de tomar a decisão e comprar o seu farol de bicicleta. Vamos explorar diversas categorias e explicar o melhor uso para cada tipo de produto disponível, para decidir qual o melhor sistema de iluminação para você.

Critérios mais importantes para se atentar

O material do farol é um critério importante para se atentar. Ele deve ser resistente e bem vedado, para suportar mudanças de clima e temperatura. Além disso, a estrutura externa deve ser muito resistente também.

Esse ponto é bastante importante, para que o equipamento dure por vários anos sem precisar trocá-lo ou substituí-lo. Assim como o sistema de fixação deve ser estável e garantir que o farol esteja bastante preso. 

As diferentes iluminações também são outro critério importante. Existem diversos usos para a iluminação, de acordo com a intensidade, e diversos modos de funcionamento. Saiba mais!

Entenda a diferença entre os faróis de iluminação e sinalização

Bicicleta com Faróis Dianteiro e Traseiro Proporcionando Maior Segurança

Os faróis de iluminação e de sinalização possuem uma diferença primordial: a intensidade da luz do equipamento. Dessa forma, você deve se atentar ao uso principal do farol da sua bicicleta, para decidir qual iluminação você deve investir.

Faróis de iluminação

Os faróis de iluminação são essenciais quando você está num ambiente com pouca iluminação, como algumas estradas à noite, uma rua mal iluminada ou alguma trilha. 

Dessa forma, esse tipo de farol possui uma iluminação mais intensa para que esses lugares escuros sejam iluminados por sua bicicleta e para que você seja capaz de ver o caminho pelo qual está seguindo.

Isso aumenta a visibilidade do ciclista e evita que você se machuque em algum eventual obstáculo pelo caminho. Além de aumentar a segurança do ciclista que anda à noite. 

Faróis de sinalização

Os faróis de sinalização, por outro lado, possuem uma utilidade diferente. Ele serve para que as outras pessoas, em especial motoristas de veículos maiores, sejam capazes de te ver em ambientes mais escuros.

Eles possuem uma luz mais fraca do que os faróis usados para a iluminação, afinal, o objetivo principal desse tipo de farol é fazer com que você se destaque em caminhos escuros, e não iluminar propriamente o caminho.

Esse tipo de farol é muito importante para lugares que possuem algum tipo de luz, mas de forma fraca, como ambientes urbanos e estradas mal iluminadas. 

Isso é essencial para aumentar a sua segurança ao andar de bicicleta em ruas e estradas, e evitar a ocorrência de alguns acidentes.

Além disso, você pode combinar os dois tipos de farol em sua bicicleta, para garantir que o equipamento cumpra as duas funções de acordo com a necessidade.

As diferentes iluminações

LED

O LED é um tipo muito comum de luz, especialmente usado em iluminação de casa. Isso acontece porque esse é o modelo mais eficiente e econômico de iluminação. 

Usar a lâmpada de LED no farol de bicicleta faz com que a intensidade da luz seja sempre constante, ou seja, não há mudanças nesse sentido. Assim como não há mudanças na cor da luz, ela é sempre branca.

Isso ajuda a iluminar o caminho, assim como também pode ajudar a sinalizar e se destacar em qualquer tipo de ambiente, principalmente os mal iluminados.

Além disso, existem diversas intensidades das lâmpadas de LED no mercado, o que varia conforme a sua necessidade. Como falamos anteriormente, você pode usar o farol de bicicleta para sinalizar e para iluminar o caminho. O LED pode ser usado para ambas as necessidades também. A única diferença é a intensidade escolhida.

Ao optar por uma lâmpada de LED mais intensa e mais forte, o ideal será usar o farol para iluminar o caminho. Ao optar por uma lâmpada menos intensa, ela pode ser usada para sinalização.

Lúmen

Os lúmens são os indicadores da intensidade da luz que incide e são um conceito importante ao decidir o melhor farol de bicicleta para você. Dessa forma, quanto maior a quantidade de lúmens presentes em uma lâmpada, maior a intensidade da iluminação.

Isso não significa que a luz vai alcançar uma área maior. No entanto, iluminações com um número maior de lúmens já garantem uma boa visibilidade ao andar de bicicleta.

Além do lúmen, outros conceitos importantes para prestar atenção são: o raio do facho e o alcance que a luz alcança. Muitas pessoas confundem o significado de Lúmen e de Watt.

Diferente do lúmen, que indica a intensidade, o Watt é uma unidade que indica o consumo de energia. Dessa forma, quanto maior o número de Watt, maior o consumo da energia da lâmpada.

Quais são os sistemas de cargas de iluminação para bike?

Pilhas e baterias

Agora que você já conhece os tipos de iluminação usadas para o farol, conheça os principais sistemas de cargas usadas no farol de bicicleta.

Esse é um tópico importante na hora de escolher o seu farol de bike. Existem modelos de pilha, modelos de bateria interna recarregável e modelos de bateria externa.

Confira as características de cada um e qual modelo se encaixa melhor em sua necessidade. Os faróis com pilha são mais práticos; os recarregáveis, econômicos.

Considerando os dois sistemas de carga mais usados nos faróis de bicicleta, é importante ressaltar que: os faróis com pilha são os mais práticos, enquanto os recarregáveis são os mais econômicos. Nesse sentido, a potência dos faróis não costuma ser alterada pela carga escolhida. No entanto, a diferença maior entre os diferentes sistemas de alimentação é justamente a praticidade e o preço.

Os faróis movidos à pilha são mais práticos, uma vez que a carga acabou, basta trocá-la por outra pilha e o farol já está pronto para o uso. No entanto, o ponto negativo é que esse sistema não é econômico e pode sair mais caro do que uma bateria recarregável a longo prazo.

Por outro lado, as baterias recarregáveis são menos práticas, requerem que haja um planejamento. Afinal, existe um tempo necessário para que a bateria seja completamente carregada.

Pilha

A alimentação por pilhas é bastante conhecida e funciona como qualquer outro aparelho, basta adicionar as pilhas e ligar o farol, ele estará pronto para o uso na hora. Assim é uma opção bastante prática para quem procura por uma forma fácil de alimentar a lâmpada do seu farol.

No entanto, existe uma desvantagem importante nesse modelo: as pilhas podem descarregar em pouco tempo.

A duração e a vida útil das pilhas depende da energia que a sua lâmpada vai consumir. A energia, por outro lado, depende da intensidade da lâmpada. Portanto, caso você queira usar o farol para iluminar o caminho ao andar de bike, essa seria uma opção um pouco custosa.

Afinal, as pilhas teriam que ser substituídas com bastante frequência. Além disso, quando a pilha começar a ficar fraca, a iluminação ficará fraca da mesma forma, o que pode ser bastante perigoso de acordo com a situação que você está pedalando sua bicicleta.

Recarregável

As baterias recarregáveis possuem a bateria de lítio, que pode ficar dentro ou fora do farol. Aquelas que possuem a bateria interior podem ser carregadas por meio de cabos USB em geral. 

Por outro lado, as que ficam do lado de fora do farol costumam ter baterias maiores e mais pesadas, isso acontece porque elas suportam iluminações mais intensas e que consomem uma quantidade maior de energia.

Critérios de compra

Veja de forma resumida os principais critérios para levar em conta ao adquirir um farol de bicicleta para você, como a intensidade luminosa, a bateria, o uso da bicicleta, os modos de funcionamento e a montagem. Confira!

Intensidade luminosa

Como já tratamos anteriormente, a intensidade da luz é um fator para se atentar ao adquirir um farol para bicicleta. Nesse sentido, uma lanterna comum noturna possui valores entre 300 e 400 lumens, ideal para iluminação na parte da frente de sua bicicleta. 

Existe também a sinalização na parte de trás da bicicleta, que costuma ser menos intensa do que a parte dianteira, com 50 a 100 lúmens.

Portanto, esse é um dos principais critérios de escolha, mas os critérios a seguir também devem ser levados em conta.

Bateria

A bateria é outro ponto já mencionado e que deve ser levado em conta nesse sentido. É importante definir as suas prioridades ao escolher a alimentação de seu farol. 

Se desejar praticidade acima de tudo, talvez seja melhor optar por faróis que funcionam à pilha, sempre lembrando de carregar pilhas extras com você para não correr o risco de ficar sem o farol, item essencial. 

No entanto, caso você deseja uma lanterna que exige mais potência e não quer ter o gasto extra de repor todas as pilhas, você deve optar pelas baterias recarregáveis. Existem modelos muito práticos, com carregador USB, que podem ser levados e carregados em qualquer tomada.

Custo Benefício

Outro critério que deve ser levado em conta é o custo benefício.

Muitos faróis para bike são baratos mas em compensação não são feitos com materiais de qualidade, o que afeta muito na durabilidade do produto. Pode ser o famoso “o barato sai caro”.

Portanto, é importante se atentar se o farol proporciona uma boa iluminação, possui uma boa duração de bateria e se é feito com materiais de qualidade. Isso garantirá maior durabilidade do produto e, consequentemente, menos dor de cabeça para você.

Outro detalhe que vale se atentar é se, ao comprar o farol de iluminação dianteiro, você recebe o farol traseiro de sinalização como brinde, pois você pode estar gastando menos do que se você comprasse os dois produtos separadamente, proporcionando maior custo benefício.

Uso da bicicleta

Outro critério importante antes de decidir qual o melhor farol para bike é responder às seguintes perguntas: em quais situações você vai usar a sua bicicleta? Vai sair em pedaladas em ambientes urbanos e mais iluminados? Ou vai sair em locais que podem ficar completamente sem luz?

Todas essas perguntas são importantes para definir a sua real necessidade. Se for sair apenas em ambientes urbanos que podem eventualmente ser mal iluminados, talvez não seja preciso investir em uma iluminação tão potente.

Por outro lado, se for sair de bicicleta em ambientes escuros, como estradas ou alguma trilha, é importante investir em luzes potentes para a sua segurança e conforto. Além disso, a bateria deve ter uma autonomia maior e capacidade para aguentar grandes períodos sem recarga. 

Assim como você também pode ter que investir em equipamentos para a proteção contra luz, poeira, água e mudanças climáticas que podem ocorrer de acordo com o ambiente e localização.