Ciclista utilizando capacete Bell. Imagem retirada do site da Bell Helmets.

Capacete Bell: Conheça os diversos modelos da marca e suas tecnologias

Não importa se você é iniciante ou profissional, sempre é importante utilizar um bom equipamento de segurança. Isso inclui: capacetes, proteção para os joelhos e braços, e luva. Pode-se dizer que o mais importante é o capacete, pois onde mais precisamos de proteção é na cabeça.

Portanto, é muito importante conhecer bem as marcas e suas tecnologias, para que possa realizar a sua escolha com mais consciência. Por isso, falaremos agora um pouco sobre a história da marca e o seu trabalho.

Bell Helmets – Capacetes Bell

A marca “Bell Helmets” foi criada em 1950, na Califórnia, com o intuito de atender as corridas automobilísticas. Iniciando como a primeira loja voltada para atletas que desejavam mais velocidade em suas práticas, logo após a realidade mais sombria dessa busca, o criador da marca, o americano Roy Richter começou a produzir produtos de proteção: então, nasceu a Bell Helmets.

Piloto de Kart utilizando um capacete Bell. Foto de Diego Gavilanez, Unsplash.

Tendo o seu início nas corridas de automóveis, ainda hoje é utilizada na Fórmula 1, e foi usada, inclusive, por Ayrton Senna, famoso piloto do Brasil. Com o cenário de outros esportes em desenvolvimento, a empresa de capacetes Bell começou a se voltar para outro mercado: de bicicletas e motocicletas.

Capacetes Bell para bicicletas

Presente no mercado há mais de 60 anos, a empresa Bell consolidou o seu nome e provou, desde então, que proteção é prioridade para eles; mas, claro, sem perder o estilo. Aliada a outra grande marca de capacetes desde 2006, ambas a Giro e a Bell trabalham juntas para a produção de novidades na tecnologia empregada na fabricação de seus capacetes.

Antes de começar a falar nos modelos que a marca oferece, falaremos antes sobre a tecnologia empregada pelas fabricantes Bell e Giro, que possuem as mesmas tecnologias.

Tecnologia empregada

A tecnologia utilizada para a criação dos capacetes Bell são, em sua grande maioria, compartilhada por diversas outras empresas “irmãs”, que possuem o mesmo local de testes na Califórnia, o Dome.

MIPS

O MIPS é o sistema de proteção de impacto multidirecional, uma tecnologia que ajuda a segurar os impactos com o solo utilizando a rotação dentro do próprio capacete. Isso funciona da seguinte maneira: existe uma forração interior no capacete, ligada à outra parte do capacete, mais exterior.

Bell Sixer MIPS Capacete MTB. Imagem retirada do site da Bell Helmets.

Isso faz com que a cabeça do ciclista possa continuar a sua movimentação sem um impacto brusco, enquanto a parte de fora do capacete faz a absorção da rotação causada pelo solo. Dessa forma, evita-se diversas lesões cerebrais.

MIPS Spherical

A tecnologia Spherical by MIPS possui a mesma ideia: duas partes em um único capacete, cada parte realizando um movimento. Porém, no caso do MIPS Spherical, pode-se dizer que existem dois capacetes: um interno e outro externo.

Super DH Spherical Capacete MTB. Imagem retirada do site da Bell Helmets.

Dessa forma, além de prover um conforto maior, a tecnologia impede grande parte das forças rotacionais durante a queda. Podemos afirmar que essa é uma versão melhorada da anterior, a MIPS, mais voltada para quem deseja uma proteção ainda maior, como na prática de MTB mais intensa.

X-Static

Essa tecnologia é voltada para outra parte da segurança, que não influencia no impacto da queda em si, mas para evitar a queda. A X-Static é um sistema de espumas com tratamento antimicrobiano desenvolvido para evitar que o suor escorra nos olhos dos ciclistas, o que evita acidentes. Elas são projetadas para absorver o suor sem causar mau odor.

Breakaway Screws

Essa tecnologia consiste nos parafusos dos capacetes Bell, que possuem um mecanismo que impede que eles machuquem o ciclista caso quebre durante o uso. Além disso, facilitam a troca se necessário.

Overbrow Ventilation

Uma tecnologia bem simples, mais voltada para o design no produto. É uma abertura acima das sobrancelhas, que permite uma ventilação maior, evitando o suor e aquecimento da cabeça.

Modelos em destaque

Agora que você já conhece as tecnologias usadas nos capacetes Bell, falaremos sobre alguns dos modelos disponibilizados pela marca.

Capacete Bell Crest

Um modelo versátil, voltado para o uso no dia-a-dia, urbano ou prática de MTB mais leve. Possui 17 entradas de ar e tecnologia X-Static, o que facilita a limpeza e impede o mau odor, além de evitar que o suor escorra pela testa para os olhos.

Capacete de bike estrada Bell Crest. Imagem retirada do site da Bell Helmets.

Feito em policarbonato, possui modelos de diferentes cores: preto, prata, azul e vermelho. Pesando apenas 288g e com um preço em torno de R$269,00, pode ser uma ótima opção para quem pratica o esporte de maneira casual e para a diversão.

Capacete Bell Super Air R

Com ainda mais versatilidade, temos o capacete Bell Super Air R, que conta com queixeira removível, MIPS Spherical e Float Fit, que auxilia no encaixe do capacete na cabeça. Esse é um dos modelos mais completos da marca e pode ser usado em trilhas leves até treinos mais pesados.

Capacete Bell Super Air R. Imagem retirada do site da Bell Helmets.

Variando entre tamanho e coloração, existem diversos modelos do capacete Bell Super Air R, que irão te permitir abraçar a velocidade na sua prática, sem perder a sua proteção, atendendo diversas necessidades que você possa ter. O tamanho varia entre P, com 52-56cm; M, com 55-59cm; e G com 58-62cm. O peso desse modelo é por volta de 640g.

Capacete Bell Transfer

Um dos modelos de uso intermediário, o Bell Transfer foi criado para o usuário de capacetes Full Face em tempo integral. Seja na pista de BMX, de Freeride ou praticando Downhill, esse é um dos melhores modelos para o uso em treinos mais intensos.

Capacete Bell Transfer Full Face. Imagem retirada do site da Bell Helmets.

A sua viseira é ajustável e a forração é removível para ajudar na manutenção e limpeza do equipamento. Com 14 aberturas para a ventilação, sendo 3 delas com a tecnologia Overbrown Ventilation, já citada anteriormente, é certo de que você terá conforto em sua pedalada. Por ser um equipamento mais completo, o seu peso é bem maior, com aproximadamente 1kg.

Capacete Bell Sanction

Um modelo de entrada e um dos mais tradicionais da marca, o Bell Sanction é um dos mais interessantes modelos para quem deseja um bom capacete sem precisar gastar de maneira excessiva. Em outras palavras, é um dos melhores custo benefício que você encontrará.

Bell Sanction MTB. Imagem retirada do site da Bell Helmets.

Esse modelo possui diversos tamanhos e cores, sendo possível até mesmo o uso por crianças que estão começando no esporte. Além disso, o modelo pesa por volta de 850g, o que não é pesado e garante o conforto durante o uso.

Capacete Bell Nomad

Outro modelo de entrada, dessa vez para o Trail e Enduro, o Bell Nomad possui maior área de proteção laterais e traseira do que os capacetes para cross country, XC.

Bell Nomad. Imagem retirada do site da Bell Helmets.

Capacete Bell Sidetracker II

O último modelo que traremos nesse artigo é o Sidetracker II. Feito para os jovens iniciantes na prática de MTB, possui boa parte das características dos modelos para adultos. Possui ótima ventilação e abertura ampla da viseira para melhorar a visão durante as práticas.

Bell Tracker. Imagem retirada do site da Bell Helmets.

Considerações finais: capacetes Bell são realmente bons?

Como podemos ver durante este artigo, se você deseja atingir uma grande velocidade em sua prática, garantindo a segurança e sem perder nem o conforto, e nem mesmo o estilo, os capacetes da marca podem ser muito bons para você.

Não importa a modalidade que você pratica, seja MTB, BMX ou Road, os capacetes da Bell com certeza poderão atender suas necessidades como atleta. Com uma ótima absorção de impactos e, excepcionalmente, da força de rotação presente em uma queda com impacto no chão, a segurança é certa.

Esperamos que esse artigo tenha te ajudado! Se procura por outras peças para garantir a sua proteção durante as práticas, não deixe de checar o nosso site, onde você encontrará artigos sobre freios e muito mais!