Bike Fixa. Mobikers.

O que é Bike Fixa? E tudo que você precisa saber

Muito provavelmente, você já deve ter visto uma bike fixa, principalmente, se você costuma se aventurar mundo afora pedalando. Mas, é quase certo de que – a não ser que você seja do meio, um ciclista profissional ou saiba mais sobre o tema – não tenha notado sua presença.

Isso porque, uma bike fixa costuma ter aparência semelhante às bicicletas convencionais – ao menos para pessoas comuns. Entretanto, basta um olhar mais atento para notar suas diferenças. A título de curiosidade, os modelos fixies possuem pedais que se movem junto com as rodas.

Por conta dessa característica em específico, os próprios pedais são comumente utilizados para frenagem. O que consequentemente, extingue a necessidade de um sistema de freios. Além disso, elas também não possuem marchas, sendo esta, mais uma de suas particularidades.

Considerando essas informações, talvez você possa estar pensando: “Por que uma bike fixa pode ser uma boa opção?” Para responder a essa pergunta com mais propriedade, é preciso ler todos os itens deste conteúdo. Portanto, acompanhe:

O que é uma bike fixa?

Uma bike fixa, com foco na parte do pedal e corrente

Antes de mais nada, é preciso saber que o termo “bike fixa” não se refere a uma bicicleta fixa no sentido literal da palavra. Como veremos no decorrer deste conteúdo, à primeira vista, trata-se de uma bike normal, mas com caraterísticas próprias.

No geral, trata-se de um termo genérico para definir um grupo de bicicletas com transmissão de uma única velocidade. Uma bike single speed, por exemplo, possui apenas uma relação de transmissão, uma única coroa e somente uma roda dentada traseira. Portanto, de acordo com o meio, pode ser considerada como uma bike fixa single.

Por outro lado, nem todas as bicicletas com apenas uma marcha se enquadram nesta categoria. A fim de compreensão, em uma bicicleta tradicional, ao deixar de pedalar, a roda continua girando. Já em uma bike fixa, ao parar, ela imediatamente freia, dispensando assim o uso de um sistema de freios, já que os próprios pedais assumem tal funcionalidade.

Bike fixa, single speed e contrapedal – quais são as diferenças?

Entre diversos anúncios e tipos de bicicletas à venda, escolher o modelo fixie mais adequado à sua necessidade pode não ser uma tarefa tão simples quanto se parece. Portanto, é preciso conhecer ao menos os principais, como são e quais as suas diferenças para escolher o modelo ideal entre as opções.

Neste contexto, os três favoritos no Brasil são: bike fixa, single e contrapedal. Saiba mais sobre eles a seguir:

Fixa

Bike fixa encostada na parede

Via de regra, na bike fixa, o movimento ocorre conforme as pedaladas e o ritmo que os ciclistas impõem. Há alavancas no guidão que podem ser usadas para frear, mas é mais comum fazer o skid, um movimento que trava o pedal. O que sem dúvidas, a torna bastante ágil.

Na maioria das vezes, de acordo com o meio, trata-se de uma opção muito boa para realizar manobras com mais facilidade. Além disso, dependendo das suas habilidades, também é possível pedalar para trás, o que expande ainda mais as suas possibilidades.

Embora proporcione inúmeras vantagens, uma desvantagem considerável é que para continuar em movimento, você precisa continuar pedalando. Inclusive, em uma descida, já que deixar de pedalar significa frear. Por conta disso, é impossível descer uma ladeira sem pedalar.

A grande maioria das bicicletas de marcha fixa acompanham uma roda traseira flip flop. Isso significa, basicamente, que as bikes são enviadas com a roda livre acionada e com os freios (dianteiros e traseiros) instalados, permitindo transformar uma bike fixa em uma single speed. Assim, é possível pedalar livremente pelas cidades e campos, percorrendo uma longa distância sem medo de ser feliz. E caso mude de ideia, é só revertê-la.

Single Speed

Ciclistas em competição, bike single speed.

Diferentemente do tipo anterior, a bike single speed não lhe permite pedalar para trás. Apenas pedalando para frente é que você conseguirá criar algum tipo de movimento de ação e ter certa mobilidade.

Com uma bike single speed, pedalar constantemente não é obrigatório, podendo, inclusive, descer uma ladeira sem precisar pedalar. Por outro lado, suas características fazem com que seja necessário muito mais esforço para subir aclives. Logo, as descidas costumam ser mais fáceis do que as subidas.

Outra das características das bikes singles speeds que as tornam um dos modelos favoritos dos ciclistas no Brasil e no mundo, é a possibilidade de fazer curvas fechadas e rápidas. Para freá-la, basta utilizar o freio que fica nas alavancas presente no guidão da bicicleta.

Vale destacar que este modelo tende a ser mais barato, popular e com baixa manutenção do que um modelo com marchas, já que possui poucas peças que precisam de cuidados.

Considerando o quadro geral, a bike single speed tende a ser a mais recomendada para quem possa ter dificuldade em se adaptar com o sistema de freio no pedal, mas que mesmo assim, gostaria de ter uma bicicleta mais leve e com componentes de segurança e pouca manutenção.

Contrapedal

Bike contrapedal da Pure Cycles

Já a bike contrapedal pode ser considerada um meio alternativo entre a bike fixa e a single speed. Isso porque, a principal característica do modelo contrapedal é que o freio, fica dentro de um cubo próximo as engrenagens do pedal. Também não possuem alavancas de freio, desta forma, para freá-la, basta pedalar para trás.

Com base nestas singularidades, o freio de uma bike contrapedal requer mais atenção, principalmente quanto a sua manutenção. É preciso, portanto, garantir que o cubo esteja sempre em boas condições para que não afete os movimentos do ciclista, que claro, deve se acostumar com as singularidades de uma bike com cubo contrapedal.

Vantagens e desvantagens da bike fixa

Mulher parada com a sua bike fixa

Assim como em tudo na vida há vantagens e desvantagens, com a bike fixa não poderia ser diferente. Embora seja válido dizer que as vantagens superam de longe as desvantagens que remetem a este tipo em específico de bicicleta.

Dito isso, vamos conhecer a seguir as principais vantagens e desvantagens da bike fixa:

Vantagens

Entre as principais vantagens, destacam-se:

Leveza

Não há como negar, o peso de uma bike fixa é muito menor do que outras opções de bicicletas no mercado atual. Essa característica se dá principalmente por conta da montagem da bike, já que ela não conta com marchas ou sistema de freios. Isso pode resultar numa diferença de até 5Kg.

Por ter o peso mais baixo do que outros modelos, a bike fixa, no final das contas, proporciona maior mobilidade, agilidade e velocidade. Embora, não há como evitar de mencionar, que a velocidade dependerá mais da condição física do ciclista do que da bike em si.

Custos com manutenção

Se considerarmos os dados que os principais problemas das bikes tradicionais que as fazem ter mais manutenções são as marchas e os freios, logo, entendemos que as bikes fixas são muito mais vantajosas neste contexto.

Especialmente, por ser um modelo simples e sem muitas adições de peças, não há muito com o que se preocupar. O que consequentemente, a torna um modelo com menor custo de manutenção do que seus pares.

Manobrabilidade

Ciclista fazendo uma manobra

Quando o assunto é manobrabilidade, a bike fixa também sai na frente de seus concorrentes, já que é possível realizar manobras com mais facilidade. Afinal, o modelo permite pedalar para trás, realizar curvas fechadas e rápidas sem perder velocidade. Bastando apenas, que o ciclista coloque em prática toda a sua habilidade e expertise.

Neste sentido, faz com que seja uma das melhores opções para andar em grandes cidades do Brasil, como o Rio de Janeiro e São Paulo.

Simplicidade

Embora, atualmente, é possível encontrar diversos sites e profissionais que fazem bikes fixas customizadas, no geral, é um modelo de bike relativamente simples. Funcionando com o básico, uma bike fixa não contém peças caras, componentes e sistemas muito elaborados. O que consequentemente a torna além de minimalista, menos atrativa para ladrões.

Preço

Por ser um tipo simples, a maioria das bikes fixas simples possuem um preço consideravelmente menor do que seus pares com engrenagens. É raro encontrar um modelo que custe mais do que 6 mil reais (em cotação atual). A menos é claro, você esteja em busca de uma empresa que produza modelos personalizados ou customizados.

Desvantagens

Como nem tudo são flores, a bike fixa também possui suas particularidades que podemos citar como desvantagens. Entre elas, pode-se destacar:

Experiência

Guidão de bike

Para guiar uma bike deste tipo, é preciso ser mais experiente para circular com confiança. No caso dos aclives, por exemplo, além disso, você também precisará de um bom preparo físico para subir. Já nas descidas, precisará de força nas pernas para frear e diminuir a velocidade das rodas.

Quanto às curvas, um modelo de bike fixa pode ser mais difícil para quem não tem muita habilidade em realizar curvas fechadas e rápidas. Principalmente, por não poder deixar de pedalar.

É uma bike urbana

Se o que você quer é andar à beira mar no Rio de Janeiro, ou ir para o trabalho em São Paulo, a bike fixa é uma boa opção. Entretanto, fazer trilha com ela pode ser uma tarefa mais desafiadora.

Essencialmente, porque foi concebida para andar em estradas longas e planas. Entretanto, seu uso para outros fins depende muito das habilidades dos ciclistas. Portanto, não necessariamente trata-se de uma grande desvantagem.

Técnica

Para manter uma bicicleta fixa em movimento, é preciso saber pedalar de forma eficiente. Neste ponto, a técnica é importante, pois pedalar para cima e para baixo não surtirá efeito. É preciso manter uma pedalada suave e em círculos. Portanto, além de ter mais experiência e saber por onde pedalar, é preciso ter técnica ao usar um modelo de velocidade fixa.

Conclusão

Ciclista num ambiente urbano com a sua bike fixa

Em conclusão, conforme os dados e informações aqui levantados, a bike fixa em comparação com os tipos tradicionais, é mais leve, ágil, costuma ter baixa manutenção, maior mobilidade e segurança, não é tão visada para roubo, seu quadro e guidão podem ser customizados e pode ser montada até mesmo pelos próprios ciclistas conforme a sua necessidade.

Como vimos, há infinitas razões que irão te fazer querer uma bike deste modelo. Afinal, como se percebe, uma bike fixa integra um novo patamar, muito mais personalizado e de encontro com as almas livres em movimento de seus donos.